terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Sobre coisas do amor...

Hello everybody! Como a Carol não pode postar nada hoje, ela me pediu para cobrir seu dia, e eu, como boa amiga que sou, estou aqui. Carol, não se preocupe, vou tentar representá-la bem. E para isso vou comentar sobre um tema já muito batido (e como!): o amor, mas de uma maneira diferente. Para começar o assunto segue um poema maravilhoso de Fernando Pessoa:


Todas as cartas de amor...Fernando Pessoa
(Poesias de Álvaro de Campos)

"Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)"

 
Aproveitando essas palavras devo dizer que não só as cartas de amor são ridículas, como as músicas de amor também o são. Ih, lá vem o papo de música de novo! É que não tem jeito, tive que fazer um paralelo entre cartas e músicas e poesia... Voltando às músicas românticas, admito que elas têm um quê de ridículas sim, mas isso não quer dizer que não sejam boas, pelo contrário, são ótimas, talvez as melhores. Adoro música romântica, principalmente as dos anos 80 (que também são, em sua maioria, bregas). Elas têm muita qualidade em melodia, já em letra algumas delas deixam a desejar, e se você, por curiosidade for traduzir os maiores hits estrangeiros dessa época para o Português, vai notar que as letras algumas vezes não têm nada a ver, não têm coesão e não fazem o menor sentido. Concluí, já faz algum tempo, que mesmo os roqueiros são românticos, e suas músicas também. Que digam os Titãs, que ultimamente têm feito muita música boa, e melosa. Também queria comentar sobre a música "Space Dementia", do Muse. O Muse é uma banda de rock inglesa que eu descobri há uns dois anos e simplesmente fiquei viciada no som dos caras. Tem uma guitarra forte e letras muito pessoais. Nessa música em especial, destaco o verso: “You make me sick because I adore you so”. Não é muito romântico? Ou suicida? E um não está ligado ao outro? Quem mais, se não uma pessoa apaixonada, para dizer que fica doente porque adora demais a outra pessoa? Para quem quiser conhecer a banda clique aqui . E para quem quiser conhecer mais do maravilhoso poeta Fernando Pessoa clique aqui . Eu poderia ficar aqui comentando sobre poesia e sobre música, sobre o Muse ou sobre os Titãs por horas e horas a fio, por que adoro tudo isso. Eu gosto de música romântica sim, mas prefiro rock, e queria muito mesmo falar mais sobre o Muse, principalmente hoje, no dia do post da Carol, já que ela também curte o som deles, e renderia muito assunto, mas vou me conter e termninar por aqui, pedindo que vocês façam uma comparação entre alguma poesia que vocês já tenham lido e alguma música que você achem que tem um "perfil" romântico e depois me digam se não tem tudo a ver. É isso.

PS1: O Muse tem muita música boa, mas acabou ficando mais conhecido aqui no Brasil pela música que foi tema do filme "Crepúsculo" (assunto para um novo post), "Supermassive Black Holes".

PS2: Carol, espero ter correspondido às expectativas. Obrigada pelo convite.

PS3: não gosto muito de puxar a sardinha para meu lado mas... Visitem meu blog: Milonga. Valeu pessoal!


(Capa do disco: Black Holes & Revelations, do Muse, lançado em 2006)

4 comentários:

Cris Linardi disse...

Joana, a postagem ficou ótima! Vou entrar nos links, pois eu não conheço esta banda.
Este poema é lindo e é tão gostoso quando ficamos bregas e apaixonados. Demais!
Grande beijo, menina!

Vinicius Fuscaldy disse...

Adorei também Joana, matéria maravilhosa!!! Parabéns!!! Mas, Crepúsculo? Tinha que me provocar não é?(rsrsrs). Arrebentou amiga!

Sílvia disse...

Adorei Joana....

Sílvia disse...

Ah...depois entre no meu!!!!

BJSSS

Postar um comentário